Dor no couro cabeludo: causas e remédios

As  dores no couro cabeludo apresentam um distúrbio melhor conhecido pelo nome de  tricodínia , é uma condição que afeta milhões de homens e mulheres em todo o mundo. Embora as razões ainda não sejam bem conhecidas, a dor no couro cabeludo afeta cerca de  duas vezes mais mulheres do  que homens.

É uma condição aparentemente sem importância, mas que na realidade pode ser incapacitante para quem a sofre, pois pode manifestar-se como uma  dor esporádica ou um mal-estar crônico , com o qual o paciente é obrigado a conviver.

Além disso, mesmo um pequeno desconforto pode causar muitos problemas pelo fato de afetar uma área delicada e sensível, dificultando a execução de muitas atividades diárias.

A dor no couro cabeludo também pode ser acompanhada por  irritação intensa e frequente , cuja geração também pode ser atribuída a uma simples escovação do cabelo com a mão.

Ao mesmo tempo, por mais incômodas que sejam as dores no couro cabeludo, é importante manter o controle caso ocorram e não entre em pânico: em muitos casos, na verdade, é uma  condição temporária  que o corpo ativa  em resposta a um estímulo específico ou em períodos de alto estresse (uma das causas da alopecia )

Para lidar com a dor perto do couro cabeludo e remediá-la com consciência, é bom aprender a  identificar os sintomas  e compreender suas causas. Aqui, então, está tudo o que há para saber sobre isso.

Sintomas de dor no couro cabeludo

Quando se trata de dor no couro cabeludo, na verdade, ela é generalizada. A tricodínia, na verdade, é uma condição que envolve  várias percepções sensoriais,  das quais a dor, embora a mais comum, representa apenas uma parte dela.

Na verdade, pode-se sentir uma dor real no couro cabeludo, mas na realidade este tecido também pode ser caracterizado por um  formigamento intenso e persistente , ou por  ardor e coceira .

As causas que levam diferentes indivíduos a perceberem as irritações do couro cabeludo de forma diferente não são bem compreendidas, mas presume-se que seja uma sensibilidade diferente dos indivíduos no que diz respeito às terminações nervosas.

Certamente, sabe-se que a percepção de dores no couro cabeludo, principalmente se acompanhadas de formigamento ou coceira, pode levar o sujeito a  coçar a cabeça com frequência, exacerbando  o  processo inflamatório .

Uma peculiaridade da tricodínia é que a dor ocorre principalmente nas proximidades da raiz do cabelo, e não nas áreas da cabeça onde não há cabelo, o que permitiu aos pesquisadores hipotetizar – e depois verificar de forma científica – que o problema aflige o bulbo capilar .

Os estímulos que podem levar à irritação do bulbo capilar, com consequente irritação do couro cabeludo, não vêm apenas de fora, mas também são mediados por processos internos do organismo: isso significa que a dor no couro cabeludo também pode ocorrer sem motivo aparente .

Dores no couro cabeludo: causas

As dores no couro cabeludo são um dos fenômenos mais complexos e articulados que os estudiosos enfrentam.

Parece, entretanto, que o  estresse  é condição fundamental para o desenvolvimento e manifestação da tricodinia. Em particular, quando esse fenômeno assume um caráter ocasional (portanto não é crônico), parece que um dos principais fatores predisponentes é justamente a  tensão psicológica .

Viver períodos estressantes, enfrentar situações difíceis e capazes de causar muita preocupação, portanto, são condições que podem causar ou favorecer diretamente o aparecimento de dores no couro cabeludo. Mesmo neste caso, no entanto, os mecanismos biológicos e bioquímicos exatos que desencadeiam a reação ainda não são bem conhecidos.

Os dados mostram que as mulheres são mais propensas a dores no couro cabeludo e uma causa potencial pode ser identificada em  penteados estressantes para a cabeça .

Na verdade, deve-se considerar que os bulbos capilares são colocados dentro dos músculos da cabeça; ao fazer penteados que em alguns casos podem até ser doloridos, sujeitando os cabelos a uma tensão excessiva, você corre o risco de  inflamar os músculos da cabeça  e consequentemente também os bulbos capilares, desencadeando um mecanismo que causa a manifestação de dores intensas na pele.

A obstrução da atividade do bulbo capilar é outra causa de dor no couro cabeludo. Um fenômeno natural potencial que pode induzir essa reação é a produção excessiva de sebo. Neste caso, estamos falando de  dermatite seborréica , que pode irritar o couro cabeludo e, portanto, causar dor.

Além disso, é provável que o fenômeno se agrave ainda mais se a dermatite for acompanhada pela  produção de caspa . Na verdade, quando as duas condições ocorrem ao mesmo tempo, é muito provável que a dor no couro cabeludo se torne crônica.

Finalmente, embora pareça um fenômeno aparentemente não relacionado, os pesquisadores demonstraram que o bruxismo, ou a tendência de ranger os dentes durante o sono sem perceber, também está associado à dor no couro cabeludo. O motivo seria uma superexcitação de alguns nervos, capaz de causar tensão muscular na cabeça.

Remédios para dores no couro cabeludo

Quando falamos de remédios relacionados a uma condição particular, nos referimos às soluções que permitem neutralizar suas causas. Portanto, é estritamente essencial  entender  exatamente quais são  os motivos  que causam a manifestação da dor no couro cabeludo, a fim de evitar o seu aparecimento.

Isso não significa que possamos recorrer a  soluções temporárias  ou que possamos adotar hábitos que visam o  alívio imediato dos sintomas , para podermos conviver com eles.

Aqui, então, está tudo o que você precisa saber sobre remédios naturais e farmacêuticos para dores no couro cabeludo.

Remédios naturais

Quando você sofre de tricodínia, especialmente se for crônica, você pode, em primeiro lugar, adotar soluções simples para limitar o aparecimento dos sintomas ou aliviar sua intensidade.

É claro que, ao lavar, é aconselhável usar  água não muito quente , pois o calor pode intensificar a inflamação; água muito fria também não é adequada, pois pode gerar um choque térmico no couro cabeludo que se manifesta com intensificação dos sintomas.

escolha do shampoo  também é fundamental. Para não inflamar ainda mais a pele, a sugestão é escolher loções muito  delicadas , possivelmente à base de ingredientes naturais,  sem silicones, parabenos e espumantes que  não são favoráveis ​​à saúde do couro cabeludo e do bulbo capilar.

Entre os ingredientes naturais que podem aliviar os sintomas de dores na pele estão o  azeite e a camomila , que possuem propriedades relaxantes. Obviamente, mesmo a aplicação de um  gel de aloe vera  pode fornecer benefícios significativos em termos de flacidez da pele e alívio dos sintomas mais intensos e incômodos.

Então existem alguns hábitos que devem ser eliminados ou minimizados, que estão relacionados ao estresse do couro cabeludo: neste contexto, portanto, situações estressantes devem ser evitadas, é aconselhável parar de fumar. Em vez disso, é aconselhável praticar uma atividade relaxante como ioga e dormir pelo menos 7 horas por noite.

Remédios Farmacêuticos

Conforme já mencionado acima, ao decidir recorrer a medicamentos farmacêuticos, é necessário, em primeiro lugar, identificar o fator (ou fatores) desencadeantes da tricodínia.

Com o objetivo de aliviar temporariamente os sintomas, pode-se usar um  antiinflamatório ; entretanto, não se pode pensar que dessa forma seja resolutiva para o problema, visto que esses medicamentos têm ação apenas temporária, sem efeito na causa desencadeadora. Para a escolha do melhor antiinflamatório é aconselhável consultar o seu médico.

Quando, por outro lado, a causa da dor cutânea é atribuível à acne ou à hiperprodução de sebo pela pele, é possível intervir com  um tratamento direcionado . Mesmo neste caso, no entanto, é bom saber que a hiperprodução de sebo pode ter várias causas, incluindo  infecções por microrganismos específicos  ou alterações na tireóide ou outras glândulas secretoras de hormônios.

Se, por outro lado, houver uma forte sensação de estresse ou desconforto psíquico na base da dor no couro cabeludo, é possível combinar com o seu médico a marcação de uma consulta com um especialista, que pode eventualmente sugerir a ingestão de medicamentos antidepressivos de baixa dosagem.

Ao contrário, se as causas desencadeantes da dor no couro cabeludo incluem o mau funcionamento dos receptores da dor, é possível bloquear a atividade destes com preparações farmacêuticas específicas que atuam de forma semelhante aos antiinflamatórios.

Conclusões

Como pode ser visto, as dores no couro cabeludo têm múltiplas causas e podem se manifestar de muitas maneiras diferentes.

Isto torna muito difícil identificar o seu  correto diagnóstico  e o consequente e consequente tratamento resolutivo adequado  , pelo que é aconselhável recorrer a um bom médico e, se necessário,  consultar mais de um especialista .

No entanto, para  ajudar a aliviar os sintomas  ou a probabilidade de dor no couro cabeludo, conselhos gerais podem ser seguidos  , incluindo evitar situações estressantes e fumar, obter nutrição adequada e dormir o suficiente todas as noites.

Essas dicas simples, embora genéricas, podem fazer toda a diferença na espera da cura definitiva e tornar os sintomas da tricodínia, tanto agudos quanto crônicos, mais brandos e suportáveis.

Você pode estar interessado em: